Número de trabalhadores da UNRWA mortos em Gaza sobe para 59

“Lamento confirmar que, até à data, 59 colegas da UNRWA – membros das nossas equipas em Gaza – morreram desde o início da guerra, a 07 de Outubro”, disse à EFE uma fonte da agência da ONU.

O último balanço, feito na sexta-feira pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), dava conta de 38 funcionários da UNRWA, na sua maioria professores e educadores.

A UNRWA é responsável por 183 escolas em Gaza que no ano lectivo passado acolheram 300.000 alunos e, durante esta guerra, muitos destes centros tornaram-se abrigos para a população, que se encontram atualmente lotados com palestinianos.

O conflito teve início em 07 de Outubro, quando o Hamas invadiu Israel e provocou a morte de 1.400 e ainda mais de 200 reféns. Do lado palestiniano, já há mais de 7.700 mortos e mais de 19.000 feridos.


Posted

in

,

by

Tags:

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *