Liberdade, liberdade, liberdade

Com data conhecida há muito, o Festival
Internacional de Teatro do Mindelo, Mindelact, também já tem programação
definitiva, num ano dedicado à Liberdade. A 29ª edição do principal evento
teatral do país apresentará 37 espectáculos, distribuídos por diferentes
palcos, do auditório do Centro Cultural do Mindelo, ao Pólo do Mindelo da
Escola Portuguesa de Cabo Verde (ex-ALAIM), complementados pelo Ciclo de
Contadores de Estóreas, performances e teatro de rua, além da habitual extensão
na Praia.

João Branco, director artístico do festival,
explica que ao escolher a Liberdade como lema para 2023, a organização procura
lembrar que a arte deve ser livre.

“Esta edição, à qual demos o mote de
Liberdade, é uma edição que pretende, dentro daquilo que é a sua curadoria, dar
voz a quem normalmente tem menos voz. Enfim, fazer uma declaração, através da
própria programação, de que toda a arte deve ser livre e toda a gente,
independentemente da sua condição social, das suas opções de vida, tem o
direito de se expressar artisticamente”, comenta.

No editorial que estabelece as bases da
edição, a Associação Mindelact define o teatro como “provavelmente, a expressão
artística organizada mais livre que existe”.

“Todos os que assistem a uma peça teatral ao
vivo comungam do mesmo espaço e dos mesmos estímulos, enquanto as suas reacções
acabam, inevitavelmente, por ter um efeito, também ele directo e imediato, no
artista em cena. Sendo assim, não só́ o teatro é a expressão artística mais
resistente a eventuais tentativas de censura e controlo da parte de
representantes de estados ou agentes privados autoritários, é também a mais
fomentadora duma verdadeira coesão social, alcançada não por via da
homogeneização dum produto cultural padronizado, mas conquistada através do
sentido de comunidade, de comunhão e do consenso que só́ pode ser construído
por uma manifestação artística que força o público a olhar-se no espelho e
questionar-se, enquanto obriga o artista a enfrentar, absorver e incorporar
tudo o que o público lhe devolve”, lê-se.

A programação do 29º Mindelact é
maioritariamente feita no feminino.

“Cerca de três quartos da programação é
composta por espectáculos dirigidos e interpretados por mulheres. Eu acho que
isso é muito importante e acaba por ser, também, uma demonstração da pujança e
da qualidade do trabalho das mulheres nessa área, não só na vertente de
interpretação, mas também como encenadoras, como dramaturgas, como directoras
artísticas, como cenógrafas, etc.”, observa João Branco.

Nota de destaque também para o projecto
TRI*PÉ, que empresta 13 produções ao Mindelact 2023, que formam a programação
do Palco 2.

De Yuran Henrique, a exposição “Soliloquy”,
dedicada ao produtor teatral Daniel Monteiro, também poderá ser apreciada pelos
espectadores do festival que passem pelo Centro Cultural do Mindelo. A mostra
constrói um discurso a partir de corpos e figuras que preservam a memória da
língua e tenta compreender a espiritualidade das ilhas.

Cabo Verde, Portugal, Brasil, Espanha, Costa
Rica e África do Sul são os países representados no Festival Internacional de
Teatro do Mindelo, de 3 a 11 de Novembro. A programação completa pode ser
consultada no site do evento, em mindelact.org.

_______________________________________________________________

PALCO 1

03 nov

#5BOCHIZAMI

Flávia Gusmão (Cabo Verde/Portugal)

04 nov

UM MINI-MUSEU VIVO
DE MEMÓRIAS DE PORTUGAL RECENTE

Teatro do Vestido (Portugal)

05 nov

CORAÇÃO DE LAVA

Cia. Raiz di Polon (Cabo Verde)

06 nov

MÃE DE SANTO

Palavra Z Produções Culturais (Brasil)

07 nov

A FAINT PATCH OF LIGHT

Qondiswa James (África do Sul)

08 nov

CONVERSA D’DOD

Projeto Conversa d’Dod (Cabo Verde)

09 nov

MAGMA –
CONCIERTO PARA DOS CUERPOS

Cia. Nómada/Cia. Lasafueras (Espanha/Costa
Rica)

10 nov

MONÓLOGO DE UMA
MULHER CHAMADA MARIA COM A SUA PATROA

Sara Barros Leitão/Cassandra (Portugal)

11 nov

OUTRA TEMPESTADE

Teatro da Garagem/Ass. Mindelact
(Portugal/Cabo Verde)  

Texto originalmente publicado na edição impressa do
Expresso das Ilhas nº 1143 de 25 de Outubro de 2023.
 


Posted

in

,

by

Tags:

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *